DOE AGORA

Para Instituto Vladimir Herzog, portaria assinada por Sergio Moro é uma ameaça à liberdade de expressão

Para Instituto Vladimir Herzog, portaria assinada por Sergio Moro é uma ameaça à liberdade de expressão

O Instituto Vladimir Herzog vem a público manifestar sua preocupação com a Portaria nº 666, assinada por Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública, nesta sexta-feira, 26 de julho de 2019.

Entendemos que o texto, que dispõe sobre o impedimento de ingresso, repatriação e deportação sumária de pessoa perigosa ou que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal, é uma clara ameaça e tentativa de intimidação ao jornalista norte-americano Glenn Greenwald, do site “The Intercept”, que vem publicando uma série de denúncias às práticas de Sergio Moro e de outros membros do Poder Judiciário do Brasil.

Com essa medida, o ministro Sergio Moro reforça as suspeitas de uso da máquina do Estado na tentativa de intimidar Glenn Greenwald e o site “The Intercept” em função das reportagens que colocam em xeque a legalidade da operação Lava Jato.

As liberdades de expressão e de imprensa são essenciais para o bom funcionamento de qualquer democracia. Independente das ideias e das notícias irem contra nossas posições políticas ou preferências ideológicas, é preciso reagir a cada tentativa de cerceamento de liberdade de expressão e de imprensa.

Permaneceremos atentos e prontamente dispostos a denunciar toda e qualquer tentativa de calar a voz de comunicadores e jornalistas ao redor do país por entender que a segurança desses profissionais é, na prática, a segurança de todos nós.