DOE AGORA

Instituto Vladimir Herzog repudia agressão a repórter cinematográfico em Minas Gerais

Instituto Vladimir Herzog repudia agressão a repórter cinematográfico em Minas Gerais

O Instituto Vladimir Herzog presta solidariedade ao repórter cinematográfico Robson Panzera, que foi covardemente agredido nesta quarta-feira, 20 de maio, em Barbacena (MG), conforme mostra o vídeo abaixo, do Portal Manaós Notícias:

Robson foi xingado, teve a mão fraturada e o equipamento destruído enquanto fazia uma reportagem sobre o surto de Covid-19 entre militares para a TV Integração, afiliada da Rede Globo.

O agressor foi preso em flagrante e já foi identificado: trata-se do empresário Leonardo Rivelli, de 54 anos.

Para nós, o episódio é mais um reflexo da lamentável escalada de violência contra jornalistas e comunicadores que o país vive hoje, semelhante àquela vista durante os anos mais aterrorizantes da nossa história.

Não podemos mais nos calar diante do acirramento do cenário para a atuação destes profissionais e dos ataques criminosos à liberdade de expressão, como este registrado em Minas Gerais.

Neste sentido, colocamos nossos esforços e nossas redes à disposição de Robson Panzera – e de todos os jornalistas e comunicadores do Brasil – para garantir que episódios como este não passem impunes e desapercebidos.