DOE AGORA

Deborah Duprat, uma defensora dos direitos humanos

Deborah Duprat, uma defensora dos direitos humanos

O Instituto Vladimir Herzog expressa seu mais profundo agradecimento pelo trabalho incansável da subprocuradora-geral da República Deborah Duprat na defesa dos direitos humanos e cidadania. Ao longo de seus dois mandatos como procuradora federal dos Direitos do Cidadão ligada ao Ministério Público, de maio de 2016 a maio de 2020, Deborah Duprat exerceu com extrema competência e dedicação a defesa do Estado Democrático de Direito e a luta obstinada por justiça pelas vítimas das constantes violações dos direitos humanos em um país marcado por extrema desigualdade como o Brasil.

Deborah Duprat sempre se posicionou ao lado das pessoas em situação de vulnerabilidade social e excluídas, ou seja, as que mais precisam. Foi por estes que ela dedicou seu trabalho à frente da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão em defesa da educação democrática, do sistema público de saúde, da reforma agrária e direitos das populações do campo, direito à memória e à verdade, direito à comunicação, igualdade de gênero, direitos sexuais e reprodutivos, direitos da população em situação de rua e da luta antimanicomial. Assim como atuou e se posicionou fortemente no enfrentamento ao racismo, à LGBTfobia, à tortura e às mais variadas formas de violência.

É por tudo isso que, além de expressar nossa profunda gratidão pelo seu trabalho na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, reconhecemos seu papel imprescindível para o avanço da agenda de direitos na sociedade brasileira e esperamos que Deborah Duprat continue nesta luta conosco. Nestes tempos sombrios, precisamos mais que nunca de pessoas como Deborah Duprat que, com coragem, obstinação e talento, nos inspira e nos motiva a continuar lutando na defesa inegociável dos direitos e da democracia.