DOE AGORA

Maré conservadora estimula violência contra jornalistas

Maré conservadora estimula violência contra jornalistas

Vlado_proteção-aos-jornalistas

22/02/2015

Quase diariamente ocorrem episódios de agressões policiais a profissionais de imprensa. Se isso não bastasse, repetem-se com alarmente frequência ofensas e agressões de civis a jornalistas, em plena rua.

Há anos a credibilidade e a importância da imprensa livre vêm sendo mutiladas, à medida que a sociedade se torna conservadora e adepta da violência como solução para os seus problemas. Aqueles que denunciam essa perversão são apontados – e tratados – como inimigos.

A intimidação e as ameaças à integridade física dos jornalistas – entre eles os que documentam corajosamente para as redes sociais a rotina da violência disseminada na cena pública – são a nova versão da censura praticada com despudor sob a ditadura militar. Com a diferença de que, no regime dos generais, o amordaçamento da imprensa noticiosa e da opinião dissidente dispensavam disfarces. Hoje, tira proveito do muito que a democracia brasileira tem de incompleto – porque insuficiente é o respaldo que lhe dá o grosso da população.

O resultado é o entorpecimento da cidadania. Como se a democracia pudesse se efetivar e desenvolver em meio à omissão e indiferença de tantos.

É verdade que os espaços públicos estão abertos à expressão do protesto e das demandas sociais. É verdade também, no entanto, que a polícia nunca matou tanto, enquanto o cerceamento físico ao exercício do jornalismo livre e atuante – pilar da garantia dos direitos humanos – assume proporções incompatíveis até mesmo com a imperfeita a ordem democrática no Brasil.

Reagir é preciso.
Instituto Vladimir Herzog

You, my friend, are a big organism get amoxicillin online no prescription as an adult human, you have three to four pounds of beneficial bacteria and yeast living within your intestines where to buy amoxil. You, my friend, are a big organism buy ampicillin no prescription some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (nsaids) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy antibiotics without prescription back in the 1950s, two researchers in albany, new york, worked to develop an antimicrobial drug from a substance produced by a soil-based fungus. You, my friend, are a big organism order azithromycin online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans buy baclofen no prescription. You, my friend, are a big organism buy ciprofloxacin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines purchase neurontin online so, it should come as no surprise that weight gain counts as one of the telltale signs of antibiotic damage and subsequent yeast overgrowth.