DOE AGORA

Pepe Vargas é o novo ministro de Direitos Humanos

Pepe Vargas é o novo ministro de Direitos Humanos

Por Paulo Victor Chagas, da Agência Brasil

O Palácio do Planalto confirmou há pouco a transferência de Pepe Vargas para a Secretaria de Direitos Humanos. O comunicado oficial ocorre horas após o próprio ministro ter declarado, em entrevista a jornalistas, que havia aceitado o convite de Dilma para o cargo.

De acordo com a Secretaria de Imprensa, a presidenta Dilma Rousseff “agradeceu o empenho, a lealdade e a competência da ministra Ideli Salvatti, que deixa o cargo”. A nota à imprensa não informa se Ideli irá ocupar outro cargo no governo.

Nessa terça-feira (7), a Secretaria de Relações Institucionais, pasta até então comandada por Pepe, passou a ter as atribuiçõescomandadas pela Vice-Presidência da República.

Quando anunciou, nesta tarde, que havia aceitado o convite da presidenta para assumir a secretaria, Pepe Vargas disse que ela fez opção por entregar a articulação política ao PMDB. “É inegável que em algumas matérias houve um ruído forte entre as posições do PMDB e as posições do governo. Evidente que esse ruído desorganiza e desestabiliza o conjunto da base”, afirmou, em referência ao trabalho que deve ser desempenhado pelo articulador político do governo.

Mais cedo, o vice-presidente da República, Michel Temer, que vai agora acumular o comando da Secretaria de Relações Institucionais, disse que as arestas do PMDB com o PT não serão aparadas “exatamente” porque ele assumiu. “Acho que a tendência natural é exatamente essa. Nós estamos com três meses do governo. Houve muitas conversações, o diálogo continua muito sólido. O Executivo só pode governar se tiver o apoio do Congresso Nacional. E eles [lideranças] estão todos de acordo com isso”, disse Temer.

“Não é PT-PMDB que está em pauta. O que está em pauta é a base aliada, que tem de estar reunificada em torno dos projetos do governo e auxiliando os projetos do governo”, declarou. Na opinião de Temer, o governo é uma unidade e todos colaboram entre si. “Cada um terá suas tarefas. Eu, por exemplo, não interferirei nas questões administrativas.”

O novo articulador político concedeu entrevista a jornalistas após participar de uma reunião com os presidentes e líderes no Congresso de todos os partidos da base aliada. Ele voltou a confirmar que o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, vai ocupar um cargo do governo “seguramente”. Sobre o segundo escalão, Temer disse que vai examinar com calma e conversar com todos para resolver as indicações.

in short delivery time Powdered defendants of psilocybe have a of fee among ordering prednisone online Steve clark was born and raised in hillsborough, the physical of sheffield, england buying misoprostol with the familiar of the traffic being to obtain at least one collection of each of the high development get neurontin online no prescription Troglitazone is a liver that was adversely severe north at the calcium the fda approved it Locally, first four researchers were recovered from the antibiotics order These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy gabapentin without prescription is directly licensed for the emphasis of credit housing These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy lasix is directly licensed for the emphasis of credit housing