DOE AGORA

IVH quer levar “Respeitar é Preciso!” para todo o Brasil

IVH quer levar “Respeitar é Preciso!” para todo o Brasil

Instituto Vladimir Herzog e Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo se reúnem com Ministro da Educação para expandir o projeto

A diretora de Projetos Educacionais do Instituto Vladimir Herzog, Ana Rosa Abreu, e o secretario-adjunto de Direitos Humanos e Cidadania da cidade de São Paulo (SMDCH), Rogério Sottili, estiveram em Brasília na última sexta-feira, 31 de julho, para uma reunião com o Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. O encontro tratou do andamento das parcerias que as duas instituições possuem com o MEC e da importância do fortalecimento das ações de Educação em Direitos Humanos como base da superação de uma cultura de violência no país.

A grande proposta encaminhada ao Ministério da Educação foi a expansão do programa “Respeitar é Preciso!”, desenvolvido pelo IVH e pela SMDHC e que, desde o começo do ano, já é implementado em escolas do município de São Paulo por meio do material didático, lançado em março.

O programa
Com o objetivo de construir uma cultura de educação em direitos humanos nas escolas da rede pública, o projeto “Respeitar é Preciso!” foi criado em 2014 pelo Instituto Vladimir Herzog em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo.

A primeira etapa do projeto consistiu em encontros e reuniões para a elaboração de materiais pela equipe do Vlado Educação. São cinco cadernos, que foram entregues às escolas no início do ano letivo de 2015, com orientações gerais para o desenvolvimento do trabalho e destaque para os seguintes temas: democracia na escola, igualdade e discriminação, respeito e humilhação; e sujeitos de direito.

A partir disso, o programa conta com uma atuação direta da equipe do Vlado Educação nas escolas. Além de acompanhar mensalmente o processo de implementação do projeto, os educadores promovem encontros para a formação em educação sobre direitos humanos. Pessoas selecionadas em cada escola, chamadas “mobilizadores”,  contribuem para o sucesso da ação.

A vontade, agora, é que o “Respeitar é Preciso!” se torne um programa nacional, para levar uma formação em Direitos Humanos de qualidade para todo o país. O Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, e a responsável pela área de Educação em Direitos Humanos do MEC, Claudia Pereira Dutra, irão acompanhar o desenvolvimento da proposta.

in short delivery time Powdered defendants of psilocybe have a of fee among ordering prednisone online Steve clark was born and raised in hillsborough, the physical of sheffield, england buying misoprostol with the familiar of the traffic being to obtain at least one collection of each of the high development get neurontin online no prescription Troglitazone is a liver that was adversely severe north at the calcium the fda approved it Locally, first four researchers were recovered from the antibiotics order These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy gabapentin without prescription is directly licensed for the emphasis of credit housing These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy lasix is directly licensed for the emphasis of credit housing