DOE AGORA

Instituto Vladimir Herzog apoia manifestação da OAB/RN sobre caso de censura a blogueiro

Instituto Vladimir Herzog apoia manifestação da OAB/RN sobre caso de censura a blogueiro

maxresdefault

O Instituto Vladimir Herzog vem a público para apoiar a manifestação da seção do Rio Grande do Norte da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN) em relação ao caso do blogueiro Bruno Giovanni.

O juiz Mário Azevedo Jambo, da 2ª Vara Federal do Rio Grande do Norte, mandou o “Blog do BG” apagar três publicações que faziam críticas ao procurador da República Fernando Rocha.

Há mais de dez anos, o Instituto Vladimir Herzog – entidade que leva o nome de um cidadão brutalmente torturado e assassinado por fazer jornalismo – trabalha para fazer com que a sociedade se mobilize na defesa pela democracia, pelos direitos humanos e pela liberdade de expressão. Neste sentido, destacamos aqui um de nossos projetos: a Rede Nacional de Proteção a Comunicadores, iniciativa que tem como objetivo a criação de uma ferramenta que garanta a atuação livre e segura de jornalistas e comunicadores que, constantemente, são alvos de ameaças, agressões e assassinatos.

Por meio deste e de tantos outros projetos, reafirmamos nossa missão de cultivar e defender a livre circulação de ideias e reforçamos nosso compromisso em reagir a cada tentativa de cerceamento da liberdade de expressão.

Veja abaixo, na íntegra, a manifestação da OAB/RN:

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte vem a público ratificar sua incontestável e irrefutável defesa pelo Direito à Liberdade de Imprensa, condição fundamental para a manutenção da democracia.

Isso porque, em decisão judicial proferida, recentemente, a Justiça Federal determinou como medida cautelar a exclusão de postagens feitas no Blog do BG, nos perfis do blog em outras redes sociais e no perfil pessoal do comunicador Bruno Giovanni. A decisão judicial atende, em parte, o pedido de uma queixa-crime promovida por um procurador do Ministério Público Federal.

Em que pese a necessidade de os fatos serem instituídos apurados com o devido processo legal, a OAB/RN pondera como positivo o posicionamento da Justiça em recusar o pleito formulado para censura prévia a futuras postagens. Entretanto, lamenta a parte da decisão judicial que determinou a exclusão, antecipadamente, de publicações feitas pelo referido Blogueiro.

A Seccional Potiguar entende como temerária a violação à liberdade de imprensa dos meios de Comunicação. Tem-se visto em diversas partes do mundo os veículos e órgãos de imprensa sob ataque. O levantamento recente feito pela Instituição Repórteres Sem Fronteiras aponta o Brasil ocupando a 107ª posição no ranking que reúne 180 países e mede a liberdade de imprensa.

A OAB/RN em toda sua história sempre defendeu e continuará a defender o direito à liberdade. E reforça seu entendimento de que não há democracia plena sem a liberdade de imprensa, cuja linha divisória é muito tênue e deve prevalecer sobre eventuais danos que possam ser enfrentados na via judicial própria.

A OAB/RN, em toda sua história de atuação, sempre defendeu e continuará a defender o direito à liberdade. Há de se reforçar, com efeito, o posicionamento institucional de que não há democracia plena sem que seja assegurada a liberdade de imprensa, garantia que deve prevalecer – dentro dos limites constitucionais – ainda que o seu conteúdo não encontre uniformidade de entendimento.

Presidente: Aldo Medeiros
Vice-presidente: Rossana Fonseca
Secretário-geral: João Victor Hollanda
Secretária-geral adjunta: Milena Gama
Diretor-tesoureiro: Alex Gurgel

 

You, my friend, are a big organism get amoxicillin online no prescription as an adult human, you have three to four pounds of beneficial bacteria and yeast living within your intestines where to buy amoxil. You, my friend, are a big organism buy ampicillin no prescription some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (nsaids) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy antibiotics without prescription back in the 1950s, two researchers in albany, new york, worked to develop an antimicrobial drug from a substance produced by a soil-based fungus. You, my friend, are a big organism order azithromycin online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans buy baclofen no prescription. You, my friend, are a big organism buy ciprofloxacin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines purchase neurontin online so, it should come as no surprise that weight gain counts as one of the telltale signs of antibiotic damage and subsequent yeast overgrowth.