Nota pública em repúdio ao assassinato de João Alberto Silveira Freitas

O Instituto Vladimir Herzog manifesta profunda indignação pelo brutal assassinato de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, espancado e morto por seguranças do supermercado Carrefour, na noite desta quinta-feira, 19/11, em Porto Alegre. Esse ato criminoso na véspera do Dia da Consciência Negra aumenta sobremaneira nosso pesar e nossa indignação. Homem negro, João Alberto foi […]