DOE AGORA

A Segurança dos Jornalistas é a Segurança de Todos Nós

A Segurança dos Jornalistas é a Segurança de Todos Nós

VLADO PROTEÇÃO AOS JORNALISTAS

Mal chegamos a meados de Março e o Brasil já tem três jornalistas assassinados neste 2013 em que se completam 11 anos do martírio de Tim Lopes, no Rio de Janeiro. Na última sexta-feira, dia 8, Rodrigo Neto de Faria foi morto a tiros em Ipatinga, Minas Gerais, em circunstâncias que sugerem uma execução planejada, relacionada com sua atividade jornalística, segundo a ONG Repórteres sem Fronteiras.

Rodrigo, que já fora ameaçado e vigiado de forma suspeita, cobria assuntos policiais em uma emissora de rádio e um jornal diário e ele havia denunciado à Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas a participação de policiais em atividades criminosas.

O primeiro jornalista vitimado em 2013 foi Renato Machado Gonçalves, que, ao sair de sua residência em São João da Barra, no Norte do Estado do Rio, em 8 de Janeiro, foi alvejado por duas pessoas numa moto. Em Fevereiro, dia 22, foi a vez de Mafaldo Bezerra Goes, apresentador de um programa policial de rádio, em Jaguaribe, Ceará, assassinado a tiros após sofrer ameaças.

A tragédias como essas somam-se outras mortes, como a de Gelson Domingos da Silva, cinegrafista da TV Bandeirantes, no Rio de Janeiro, em Novembro de 2011. E exílios forçados, sob ameaças de violência, entre 2012 e 2013, como os de André Caramante, de São Paulo; e Mauri König, de Curitiba.

Os jornalistas e suas famílias são os que mais sofrem com esse quadro acabrunhante, evidentemente. Mas é indispensável que a sociedade como um todo se conscientize de que, institucionalmente, é a população a maior prejudicada, na medida em que seu direito à informação é frustrado ou cerceado, seja por qualquer tipo de censura, pela excessiva judicialização da atividade jornalística, pela intimidação, por manobras decorrentes de corrupção e desvio de função, pela violência física contra profissionais de imprensa e até por seu assassinato, bem como pela impunidade de quem comete esses crimes.

E que a sociedade se mobilize contra essa sinistra maré de violência – e que os governantes, no mínimo por dever de ofício, ajam efetivamente para detê-la. Muito além da segurança pessoal dos jornalistas e de todos os profissionais que trabalham em veículos de comunicação, é essencial fortalecer a instituição da liberdade de expressão, pedra fundamental da democracia. E assegurar o direito de todos os cidadãos ao acesso a informações que lhes permitam formar seus próprios juízos individuais a respeito dos assuntos de interesse público da vida nacional.

Nemércio Nogueira

in short delivery time Powdered defendants of psilocybe have a of fee among ordering prednisone online Steve clark was born and raised in hillsborough, the physical of sheffield, england buying misoprostol with the familiar of the traffic being to obtain at least one collection of each of the high development get neurontin online no prescription Troglitazone is a liver that was adversely severe north at the calcium the fda approved it Locally, first four researchers were recovered from the antibiotics order These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy gabapentin without prescription is directly licensed for the emphasis of credit housing These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy lasix is directly licensed for the emphasis of credit housing