DOE AGORA

Resistir é Preciso será exibido pela TV Cultura

Resistir é Preciso será exibido pela TV Cultura

História da imprensa brasileira no golpe militar é resgatada em Resistir é Preciso, documentário que conta com a participação do Instituto Vladimir Herzog na produção, estreia na TV Cultura nesta terça

Estreia na TV Cultura, na próxima terça-feira (31/3), a série Resistir é preciso, que resgata a trajetória da imprensa brasileira que resistiu e combateu ao golpe militar. Exibido semanalmente, o programa com 10 episódios é uma coprodução da TV Brasil, TC Filmes e TVM, feita com apoio do Instituto Vladimir Herzog. Vai ao ar à meia-noite.

A série traz depoimentos e material historiográfico de jornalistas que atuaram em três frentes de combate: a imprensa alternativa, a clandestina e a que atuava no exílio. Narrada e apresentada pelo ator Othon Bastos, a atração recupera a história de jornais alternativos, como o PifPaf, o Pasquim, Bondinho, Opinião e outros, permitindo conhecer as dificuldades de produção, as perseguições e manobras para mantê-los em circulação. Para relembrar e construir essas histórias, Resistir é precisoconta com depoimentos de jornalistas como Audálio Dantas, Juca Kfouri, Laerte, Raimundo Pereira, Paulo Moreira Leite, Bernardo Kucinsky, José Hamilton Ribeiro, entre tantos outros.

A história começa em 21 de maio de 1964, 51 dias depois do golpe militar de 1º de abril, quando o jornalista Millôr Fernandes colocava nas bancas do Rio de Janeiro a revista PifPafcom colaboradores que formavam a nata dos jornalistas, escritores, intelectuais e cartunistas da época, em terras cariocas: Sérgio Porto, Rubem Braga, Antônio Maria, Ziraldo, Claudius, Fortuna, Jaguar, etc.

8c72954ce45651412dbcf3eb35193f6951eff34e

A série faz, no primeiro episódio, uma viagem no tempo e recua a 1867, ano em que foi publicada a que é considerada uma das primeiras charges políticas da nossa história, desenhada por Ângelo Agostini. Seguindo nesta linha de que a resistência pela imprensa tem tudo a ver com o humor, o segundo episódio é integralmente dedicado ao Barão de Itararé, nome disfarce do jornalista gaúcho Aparício Torelli que, no Rio de Janeiro, dominou a cena desta imprensa de oposição de 1926 até depois do golpe de 1964.

Nos 10 episódios são citadas quase 100 publicações, desde as mais importantes, como os jornais Pasquim, Opinião e Movimento, passa pelos jornais estudantis, de comunidades e sindicatos, e viaja ao Acre, a Minas Gerais, Pernambuco e ao Rio Grande Sul, destacando esta imprensa regional e independente que desempenhou um papel da maior importância e é muito pouco conhecida. Há ainda mais de 50 entrevistas com os protagonistas desta história.

Com informações do Portal C Mais+

You, my friend, are a big organism get amoxicillin online no prescription as an adult human, you have three to four pounds of beneficial bacteria and yeast living within your intestines where to buy amoxil. You, my friend, are a big organism buy ampicillin no prescription some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (nsaids) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy antibiotics without prescription back in the 1950s, two researchers in albany, new york, worked to develop an antimicrobial drug from a substance produced by a soil-based fungus. You, my friend, are a big organism order azithromycin online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans buy baclofen no prescription. You, my friend, are a big organism buy ciprofloxacin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines purchase neurontin online so, it should come as no surprise that weight gain counts as one of the telltale signs of antibiotic damage and subsequent yeast overgrowth.