DOE AGORA

Portal Memórias da Ditadura ganha novos conteúdos

Portal Memórias da Ditadura ganha novos conteúdos

Em parceria com a Caixa e o Governo Federal, Instituto Vladimir Herzog promove uma nova série de atualizações no maior acervo digital do assunto.

Consagrado como o maior acervo online sobre a história da ditadura no Brasil, o portal Memórias da Ditadura irá receber, em breve, novos conteúdos e atualizações. A iniciativa é fruto de uma parceria do Instituto Vladimir Herzog com a Caixa e o Governo Federal.

Novas áreas serão adicionadas ao portal. Na sessão “Identidades e resistências”, entrarão conteúdos sobre a Comissão Nacional da Verdade (CNV) e o Movimento Negro; e também sobre a CNV e as periferias e favelas. Já na sessão “Violências de Estado”, serão postados materiais sobre a reforma das perícias e a reparação psíquica, sempre sob à luz das recomendações da CNV.

Além disso, haverá um aperfeiçoamento tecnológico do portal, a fim de facilitar a navegação e o acesso aos vastos conteúdos disponibilizados pelo site.

O portal Memórias da Ditadura foi lançado pelo Instituto Vladimir Herzog em 2014, respondendo à demanda da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República de criação de um portal com o objetivo de divulgar a História do Brasil no período de 1964 à 1985 junto ao grande público, em especial à população jovem.

A construção de um portal para difundir em larga escala conteúdos sobre esse período é um compromisso para com as novas gerações, reunindo informações de relevância para uma aproximação inicial, porém abrangente e consistente, a partir de conteúdos apresentados em várias mídias, que possam comunicar a complexidade e a intensidade dos fatos ocorridos durante a ditadura militar no Brasil do ponto de vista político, social e cultural, na perspectiva dos direitos humanos e da memória e verdade.

Embora exista muito material sobre a ditadura militar que marcou o Brasil durante 21 anos, há pouca coisa que relacione os fatos do passado com as situações vistas no presente. Além disso, é importante que haja um portal de referência, que reúna conteúdos relevantes e que organize o que já existe em diferentes mídias, com o objetivo de comunicar os acontecimentos do período da forma mais completa possível, numa linguagem acessível a quem não os conhece.

A proposta é que o portal Memórias da Ditadura ofereça conteúdos interativos, multimídia, estabelecendo sempre relações com os dias de hoje e que possam ser acessados em qualquer computador, tablet ou celular, cada vez mais comuns entre os jovens de todas as camadas sociais. É um site também preocupado com acessibilidade e foi construído de acordo com todas as normas internacionais da W3C.

Para atingir esse objetivo, o Instituto Vladimir Herzog constituiu uma equipe de dezenas de profissionais da área de jornalismo, educação e comunicação, assim como consultores especialistas nas temáticas abordadas, que produziram os conteúdos das diferentes áreas do portal.

Dessa forma, o portal Memórias da Ditadura apresenta a todas as escolas e interessados um extenso e diversificado material sobre esse período sombrio da História do Brasil.

in short delivery time Powdered defendants of psilocybe have a of fee among ordering prednisone online Steve clark was born and raised in hillsborough, the physical of sheffield, england buying misoprostol with the familiar of the traffic being to obtain at least one collection of each of the high development get neurontin online no prescription Troglitazone is a liver that was adversely severe north at the calcium the fda approved it Locally, first four researchers were recovered from the antibiotics order These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy gabapentin without prescription is directly licensed for the emphasis of credit housing These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy lasix is directly licensed for the emphasis of credit housing