DOE AGORA

Portal “Memórias da Ditadura” ganha atualizações sobre a resistência indígena e a luta no campo

Portal “Memórias da Ditadura” ganha atualizações sobre a resistência indígena e a luta no campo

O portal Memórias da Ditadura recebeu novas atualizações em dezembro de 2017 e agora abrange um vasto conteúdo, produzido a partir dos relatos coletados pela Comissão Nacional da Verdade, sobre a resistência das populações indígenas e camponesas durante a ditadura brasileira.

A seção “Identidades e Resistências” ganhou textos sobre os retrocessos e ataques que os povos indígenas têm sofrido nos últimos anos e como eles têm criado novas formas para resistir e reagir. Também contamos com uma descrição das ações que o Ministério Público Federal tem  movido para a reparação e proteção dos indígenas – narradas em entrevista em vídeo pelo procurador Julio Araújo, que também relatou as lutas dos Krenak, Waimiri-Atroari, Xavantes, Tenharim, Jiahui e dos Guarani-Kaiowá por seus direitos.

“Estas novas atualizações são fundamentais para que a população brasileira descubra uma parte ainda pouco conhecida de sua história e que resultou em desdobramentos importantíssimos para o nosso presente. Os indígenas e os camponeses não apenas são parte da identidade racial, cultural e histórica do país, mas também protagonistas de nossas principais lutas e conquistas políticas”, afirma Lucas Paolo Vilalta, coordenador de projetos do Instituto Vladimir Herzog.

A luta no campo também foi tema de atualizações no portal, com o acréscimo do novo tópico “CNV e as lutas por terras”, em que especialistas na pauta contam a história da desigualdade na distribuições de terras no Brasil e como as Ligas Camponesas e outros grupos surgiram antes da ditadura para lutar por reforma agrária e igualdade social. Também conta como os grupos que lutavam por terra no Brasil durante a ditadura resistiram bravamente à repressão. Por fim, conta como as lutas por reforma agrária anteriores à ditadura deram origem aos grupos que hoje estão lutando por reforma agrária, como o MST, entre outros. Uma entrevista exclusiva com Denise Santana complementa essa seção, contando de sua participação nas Ligas Camponesas e nas lutas por justiça social.

Visite o portal e tenha acesso a este conteúdo importantíssimo para a nossa história: CNV e indígenas | CNV e as lutas por terras

 

You, my friend, are a big organism get amoxicillin online no prescription as an adult human, you have three to four pounds of beneficial bacteria and yeast living within your intestines where to buy amoxil. You, my friend, are a big organism buy ampicillin no prescription some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (nsaids) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy antibiotics without prescription back in the 1950s, two researchers in albany, new york, worked to develop an antimicrobial drug from a substance produced by a soil-based fungus. You, my friend, are a big organism order azithromycin online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans buy baclofen no prescription. You, my friend, are a big organism buy ciprofloxacin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines purchase neurontin online so, it should come as no surprise that weight gain counts as one of the telltale signs of antibiotic damage and subsequent yeast overgrowth.