DOE AGORA

Livro sobre mulheres que resistiram à ditadura e “Misa Tango” são destaques dos projetos do IVH para 2016

Livro sobre mulheres que resistiram à ditadura e “Misa Tango” são destaques dos projetos do IVH para 2016

Biografia de mulheres que desafiaram o Estado de exceção será escrito pela jornalista Miriam Leitão e publicado pela Editora Instituto Vladimir Herzog

O Instituto Vladimir Herzog irá publicar, em 2016, mais um lançamento por meio de sua editora. Trata-se de “As heroínas da ditadura”, livro que reúne dez biografias de mulheres que desafiaram o estado de exceção e, com muita coragem, resistiram à ditadura militar no Brasil. A obra será escrita por Miriam Leitão, conselheira do IVH e jornalista e escritora com carreira bastante reconhecida.

Além do livro, os projetos do IVH para o ano que vem contam também com mais uma parceria com a Rede Cultural Luther King. Em 2016 será executada a primeira audição da obra intitulada “Misa Tango”, do compositor argentino-italiano Luis Bacalov (1933). Sob direção artística e regência do maestro Martinho Lutero Galati, o Coro Luther King segue a tradição de apresentar obras inéditas no Brasil, desta vez abordando a temática da Paz, da Vida, dos Direitos Humanos, da convivência pacífica entre os povos, do sincretismo religioso e da pluralidade cultural dos povos da América Latina, através desta belíssima composição para bandoneon, solistas, coro e orquestra sinfônica.

Também acontece no ano que vem mais uma edição dos prêmios jornalísticos tradicionalmente realizados pelo IVH e entidades parceiras: o 8º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, especialmente dedicado a estudantes de jornalismo de todo o país, além do tradicionalíssimo Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, que ano que vem já chega a sua 38ª edição. Os dois prêmios vêm batendo seguidos recordes de inscrições, ano após ano.

Além disso, o IVH seguirá atuando em prol da defesa dos direitos humanos em diversas outras frentes. Há projetos, por exemplo, de levar a exposição “Resistir é Preciso…” para outras regiões do Brasil. Entre 2013 e 2014, a exposição passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, tendo sido visitada por cerca de meio milhão de pessoas, além de estar exposta virtual e internacionalmente no Google Cultural Institute. Entre os trabalhos que compõem a exposição, destacam-se exemplares de jornais e revistas alternativas de combate à ditadura, que fazem parte do acervo do IVH.

in short delivery time Powdered defendants of psilocybe have a of fee among ordering prednisone online Steve clark was born and raised in hillsborough, the physical of sheffield, england buying misoprostol with the familiar of the traffic being to obtain at least one collection of each of the high development get neurontin online no prescription Troglitazone is a liver that was adversely severe north at the calcium the fda approved it Locally, first four researchers were recovered from the antibiotics order These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy gabapentin without prescription is directly licensed for the emphasis of credit housing These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy lasix is directly licensed for the emphasis of credit housing