DOE AGORA

Homenagem a Zuzu Angel é o tema da CORRIDA POR MANOEL nesta sexta-feira, 25 de março

Homenagem a Zuzu Angel é o tema da CORRIDA POR MANOEL nesta sexta-feira, 25 de março

Com a participação da jornalista Hildegard Angel, o projeto CORRIDA POR MANOEL realiza nesta sexta-feira, dia 25 de março, um percurso em homenagem à estilista Zuzu Angel.

A partir das 11h, vamos fazer uma caminhada desde o prédio da Bienal, no parque Ibirapuera, até o Monumento em Homenagem aos Mortos e Desaparecidos Políticos, também no parque.

A CORRIDA POR MANOEL é uma realização do jornalista e maratonista Rodolfo Lucena. A homenagem jornalístico-esportiva rememora a trajetória de Manoel Fiel Filho, assassinado pela ditadura militar há 40 anos. O operário metalúrgico foi morto sob tortura no DOI-Codi de São Paulo em 17 de janeiro de 1976.

Três meses depois, em 16 de abril, Zuzu Angel foi assassinada, em um crime disfarçado de acidente automobilístico.
Zuzu estava sendo perseguida porque buscava incessantemente e sem temor recuperar o corpo de seu filho, Stuart Angel Jones, morto pela repressão em 1971.

Aberta a todos os interessados, a Caminhada por Zuzu Angel tem o apoio e a participação da filha da estilista, jornalista Hildegard Angel, fundadora e idealizadora do Instituto Zuzu Angel de Moda do Rio de Janeiro. A entidade tem como intenção primeira “preservar a memória da estilista Zuzu Angel, sua obra e sua luta, através da difusão de suas realizações e reivindicações”.

Na CORRIDA POR MANOEL, Rodolfo Lucena faz 40 percursos temáticos, revisitando a história de Manoel Fiel Filho e das lutas democráticas no período da ditadura militar. Cada trajeto é registrado com fotos, vídeos e textos publicado no site http://lucenacorredor.blogspot.com/

O encerramento da jornada será no dia 9 de abril, às 14h, com um ato no Memorial da Resistência. Será feito um balanço do projeto e apresentado um documentário sobre o caso Fiel Filho.

capa_evento_zz

./././././.././././../././.

Rodolfo Lucena, 59, é gaúcho de Porto Alegre e estava fazendo o vestibular para jornalismo quando Manoel foi assassinado. Ultramaratonista, já completou mais de 30 provas de longa distância, da maratona a corridas de cem quilômetros. É autor de “Maratonando” (Record, 2006) e “+Corrida” (Publifolha, 2009). Repórter da “Folha de S. Paulo”, é colunista da revista de corrida “O2” e blogueiro; desenvolve o projeto Maratonando com o MST, de corridas em assentamentos e acampamentos dos sem terra (http://mstmaratonando.wordpress.com).