DOE AGORA

Escola Vladimir Herzog passa a adotar o projeto “Respeitar é Preciso!”

Escola Vladimir Herzog passa a adotar o projeto “Respeitar é Preciso!”

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Vladimir Herzog, localizada no bairro de Cidade Tiradentes, em São Paulo, se integra ao “Respeitar é Preciso!” – projeto desenvolvido pelo Vlado Educação e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo – e que visa promover a educação em Direitos Humanos. A equipe pedagógica da escola já se reúne com a equipe de projetos educacionais do Instituto Vladimir Herzog e, nos próximos dias, irá receber o material didático do programa.

Sobre o programa
Em seu primeiro ano, o programa se concentrou em atividades com educadores para o desenvolvimento de materiais que foram entregues às escolas municipais paulistanas no início do ano letivo de 2015. São cinco cadernos – resultado de visitas, reuniões, palestras, cursos e de um trabalho direto nas escolas feito pelos educadores do Vlado Educação. São eles: um sobre Orientações Gerais de como encaminhar o projeto com todos os educadores das escolas e outros cadernos temáticos: Igualdade e Discriminação, Respeito e Humilhação, Democracia na Escola e Sujeitos de Direitos. A versão digital dos materiais didáticos do “Respeitar é Preciso!” pode ser baixada aqui na íntegra.

Em todos os cadernos há sugestões de atividades e reflexões para serem feitas a fim de intervir no cotidiano dos alunos. O projeto também prevê, conforme os trabalhos forem se desenvolvendo, além da participação dos professores e funcionários das escolas, a incorporação dos alunos e seus familiares, além das comunidades do entorno das escolas.

Mobilizadores
Cada escola participante do ”Respeitar é Preciso!” tem um ou mais responsáveis pela organização das ações na sua comunidade educativa e também pela integração com as escolas.  Existem reuniões mensais dos mobilizadores com a equipe do Vlado Educação para analisar o andamento das ações nas suas escolas e discutir encaminhamentos, sempre respeitando o ritmo de casa local. A última reunião aconteceu no dia 28 de maio na Biblioteca Monteiro Lobato.

Centro de Educação em Direitos Humanos
No último dia 5 de maio, as escolas que compõem o Centro de Educação em Direitos Humanos Pera Marmelo se encontraram. Foram mais de 130 educadores presentes na atividade de formação para discutir a concepção de educação em direitos humanos e a proposta do projeto “Respeitar é Preciso!”.