DOE AGORA

Cantata O Diário de Anne Frank

Cantata O Diário de Anne Frank

Cantata O Diário de Anne Frank vai comemorar o aniversário de São Paulo na Catedral da Sé em 25 de Janeiro

Por iniciativa do Instituto Vladimir Herzog, no próximo dia 25 de Janeiro, para celebrar o 459º aniversário de São Paulo, a Catedral Metropolitana de São Paulo (Catedral da Sé) receberá o concerto de música erudita O Diário de Anne Frank, cantata do compositor italiano Leopoldo Gamberini. A apresentação, aberta ao público, será logo após a cerimônia inter-religiosa em homenagem à cidade conduzida pelo Cardeal Dom Odilo Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo e com a presença de líderes de diversas religiões. O evento também lembrará o 50º aniversário do Concilio Vaticano II.
Esta é a segunda apresentação da cantata, que reúne canto e concerto eruditos inspirados no relato da jovem Anne Frank – cujo nome se tornou um ícone mundial da luta pelos direitos humanos – e ilustra a tragédia que assolou o mundo naqueles tristes anos, que marcaria sua vida e a de toda a humanidade. A sua primeira exibição foi no Auditório do Ibirapuera, em Junho e Julho de 2012, também por iniciativa do Instituto Vladimir Herzog para celebrar, à época, os 75 anos de nascimento do jornalista Vladimir Herzog.
Assim como na primeira vez, a cantata na Cadetral Metropolitana será regida pelo maestro brasileiro Martinho Lutero Galati, que também dirige o Coro Cantosospeso de Milão, na Itália e leciona no Istituto di Musicologia di Milano. A execução estará a cargo do Coro Luther King, acrescido de um madrigal de solistas, orquestra sinfônica e live-electronics originais com gravações cedidas pelo compositor.

Conheça a cantata O Diário de Anne Frank

A obra, de autoria de Leopoldo Gamberini (1922 – Abril 2012) e de Otto Frank, pai de Anne, será apresentada em sua versão integral, com orquestra sinfônica, coral com 110 cantores, bailarina, solista e muitos recursos audiovisuais para retratar a história da menina que foi vitimada pelo holocausto da Segunda Guerra Mundial. Toda a peça será regida pelo maestro brasileiro Martinho Lutero Galati, que recebeu todo o direcionamento para a execução da cantata diretamente de seu autor.
Natural de Minas Gerais (Alpercatas), o maestro Martinho ingressou na música muito jovem. Aos 17 anos, após experiências na regência de concertos no Teatro Municipal de São Paulo e do Coro da Juventude Musical de São Paulo, fundou a Rede Cultural Luther King, onde dirigiu mais de 2000 concertos. Após mais estudos em Buenos Aires, na Argentina, parte para Moçambique, na África, para um trabalho de pesquisa sobre música tradicional a serviço da UNESCO. Atualmente, Martinho Lutero Galati é professor do Instituto de Musicologia de Milão, na Itália, regente da Piccola Orchestra Sinfônica di Milano e ainda trabalha com teatros na Alemanha e Suíça. É diretor, até hoje, da Rede Cultural Luther King.

Cantata O Diário de Anne Frank
Datas: 25 de Janeiro de 2013
Horários: sexta-feira, às 17h
Local: Catedral Metropolitana de São Paulo
Entrada: gratuita