DOE AGORA

Mensagens de signatários do manifesto “Em Nome da Verdade”, de 1976

A pergunta feita foi: em que circunstâncias você assinou o documento? Por intermédio de quem o recebeu, onde trabalhava, que idade tinha etc.

Wilson Baroncelli

Passados tantos anos, é difícil lembrar as circunstâncias exatas sobre como assinei o manifesto. Com certeza foi no Sindicato, que nessa época frequentava com assiduidade. Estava com 28 anos e em outubro, quando Vlado foi assassinado, estagiava em Veja, na Abril. Em janeiro passei a integrar a equipe de reportagem de TV Guia, que começava a ser preparada. Aliás, mestre Audálio Dantas também fazia parte do grupo, assim como Eduardo Ribeiro, meu amigo desde então e com quem há mais de 15 anos trabalho no Jornalistas&Cia.

Como estava sempre no Sindicato, acompanhei de perto grande parte dos desdobramentos do episódio, os relatos de Audálio, as negociações e discussões, os preparativos para o sepultamento e para o culto na Sé, as tensões… Lembro de termos ficado preocupados com a possibilidade de retaliações aos signatários do documento.

5/2/2021.