DOE AGORA

Mensagens de signatários do manifesto “Em Nome da Verdade”, de 1976

A pergunta feita foi: em que circunstâncias você assinou o documento? Por intermédio de quem o recebeu, onde trabalhava, que idade tinha etc.

Airton Ribeiro

Quando Herzog morreu eu tinha 31 anos e era repórter da Gazeta Mercantil, em São Paulo. A redação compareceu em peso ao culto ecumênico realizado na catedral da Sé. Assinar o manifesto, alguns meses depois, era consequência natural do engajamento político e da repulsa à versão oficial.

28/8/2020.