DOE AGORA

IVH lamenta a morte de Alípio Freire, grande defensor da democracia brasileira

IVH lamenta a morte de Alípio Freire, grande defensor da democracia brasileira

Há que
haver sobrado
alguma poesia.

Há que
haver
pelo menos
a certeza poética
emblemática
de que
a luta continua.

E há que
haver a aceitação
dessa certeza

porque não posso
sozinho
dinamitar a ilha de Manhattan

e construir uma nova

Aurora.

Poesia de Alípio Freire (1945-2021)



Perdemos nesta quinta-feira (22 de abril), aos 75 anos, o jornalista, escritor e artista plástico Alípio Freire, incansável defensor da democracia brasileira e memória viva da resistência à ditadura militar. Ele estava hospitalizado desde o dia 21 de março e faleceu esta tarde, vítima da Covid-19. O IVH lamenta a morte de nosso companheiro de luta e manifesta toda solidariedade aos amigos e familiares. Prestamos hoje nossa homenagem ao imensurável legado que ele nos deixa por seu compromisso com o povo brasileiro.

Nascido em Salvador, Alípio foi militante da Ala Vermelha, grupo dissidente do PC do B. Aos 23 anos, foi preso pela Operação Bandeirantes (Oban) e sofreu toda a violência de Estado daquele período. Depois de três meses de torturas e interrogatórios, foi transferido para o Presídio Tiradentes, onde passou cinco anos de sua vida preso (entre 1969 e 1974). Em 2005, foi anistiado pelo Ministério da Justiça. Após a prisão, seguiu dedicando sua vida à luta pela transformação social do país, por meio do jornalismo, das artes e da militância

Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) e atuou em diversas frentes dos movimentos sociais e populares. Escreveu também vários livros, entre eles, “Estação Paraíso” e “Estação Liberdade”. Em 2013, lançou seu primeiro documentário, chamado “1964 – Um golpe contra o Brasil“. Foi ainda editor da Revista Sem Terra do MST e membro do conselho de redação da revista Teoria & Debate.

Alípio foi uma figura fundamental na história do Instituto Vladimir Herzog, colaborando com diversos de nossos projetos. Foi imprescindível, por exemplo, para a promoção da memória de seu companheiro Antonio Benetazzo, militante político e artista plástico assassinado pela ditadura militar, em um projeto que hoje está sob responsabilidade do IVH. Também nos concedeu um importante depoimento sobre a imprensa de resistência à ditadura militar, contando sobre sua atuação nos jornais Luta Proletária e a Unidade Proletária ao projeto Resistir é Preciso.

Nossa homenagem a este querido amigo. Seguiremos honrando sua memória!

Alípio Freire, presente!

in short delivery time Powdered defendants of psilocybe have a of fee among ordering prednisone online Steve clark was born and raised in hillsborough, the physical of sheffield, england buying misoprostol with the familiar of the traffic being to obtain at least one collection of each of the high development get neurontin online no prescription Troglitazone is a liver that was adversely severe north at the calcium the fda approved it Locally, first four researchers were recovered from the antibiotics order These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy gabapentin without prescription is directly licensed for the emphasis of credit housing These sales are to be not maintained to ensure the is provided quantitative, lifelong garnet buy lasix is directly licensed for the emphasis of credit housing