DOE AGORA

Sindicato dos Jornalistas organiza vigília pelo Diploma e ato pela Democracia

Sindicato dos Jornalistas organiza vigília pelo Diploma e ato pela Democracia

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) realiza no próximo dia 7, a partir das 16 horas, em sua sede (rua Rego Freitas, 530 – sobreloja) várias atividades para celebrar o Dia do Jornalista, que terá caráter de defesa da Democracia e do diploma específico para o exercício da profissão de jornalista. Elas acontecerão no espaço Vladimir Herzog.

Neste dia será apreciada pelo plenário da Câmara Federal, em Brasília, a PEC do Diploma, que prevê a volta da exigência do diploma para o exercício da profissão, uma luta histórica da categoria que se arrasta desde 2009, quando o então ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) articulou a sua derrubada. Por isso, a partir das 16 horas, haverá uma vigília no SJSP, que é aberta a todos os profissionais que defendem a sua obrigatoriedade.

A Fenaj e os Sindicatos de Jornalistas também estarão em Brasília para a grande ato que acontece a apartir das 14 horas, no salão Verde da Câmara, pela PEC do Diploma. No mesmo dia, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) promoverá manifestação contra o PL 4330 (da terceirização). Os jornalistas irão engrossar o protesto da CUT e lançarão  manifesto defendendo o Diploma e contra a terceirização, que é um dos grandes problemas nas condições de trabalho dos jornalistas.

Já às 19 horas, em São Paulo, neste momento em que setores reacionários se mobilizam para pedir a volta da ditadura militar, se realiza no espaço Vladimir Herzog, trincheira histórica em defesa do trabalho dos jornalistas, das liberdades democráticas, dos direitos humanos e da cidadania, um ato político em defesa da democracia e contra o golpismo.

O presidente do SJSP, José Augusto Camargo, faz a abertura do evento que contará com participação da diretora da entidade, Rose Nogueira, que falará em nome dos jornalistas presos e perseguidos políticos, do coordenador da Comissão da Verdade do SJSP, Milton Bellintani (que revelará o conteúdo do trabalho desenvolvido durante dois anos pelo grupo), além da entronização da tela restaurada “25 de outubro”, de autoria de Elifas Andreato, que será seguida de homenagem ao autor da obra

Serviço

Programa:
Dia: 7 de abril de 2015
Local: Espaço Vladimir Herzog – R. Rego Freitas, 530, sobreloja
Horário: a partir das 16 horas

A defesa do diploma:
– 16 horas: acompanhamento, em telão, da votação da PEC do Diploma, na Câmara Federal e da manifestação contra o PL 4330 (Lei da Terceirização)
– 17 horas: sorteio de aparelhos telefônicos aos sócios habilitados, conforme regulamento publicado
– 18 horas: entrada ao vivo da jornalista Márcia Quintanilha reportando a votação da PEC e a manifestação dos jornalistas paulistas em Brasília

Ato de desagravo à Democracia:
-19 horas: formação da mesa diretora do Ato e pronunciamento do presidente do Sindicato Guto Camargo
– exposição sobre a Comissão da Verdade do SJSP pelo seu coordenador  Milton Bellintani
– pronunciamento da Jornalista Rose Nogueira, em nome  dos jornalistas presos e perseguidos políticos
– entronização da tela “25 de Outubro”  restaurada
–  homenagem ao autor da obra  Elifas Andreato
– coquetel

*Mais informações pelo telefone (11) 3217.6298, na diretoria do SJSP

Com informações da Revista Diálogos do Sul