DOE AGORA

Fotógrafo é agredido em protesto contra o Uber

Fotógrafo é agredido em protesto contra o Uber

Vlado_proteção-aos-jornalistas

Nota da Abraji

O fotógrafo Nando Matheus, da agência Raw Images, foi atacado na madrugada de 26 de janeiro por taxistas na saída de uma festa na zona Sul de São Paulo. Os motoristas haviam bloqueado a avenida Brigadeiro Luiz Antônio em protesto contra a presença de carros do aplicativo Uber, e começaram a depredar veículos sedã pretos indiscriminadamente. Ao notar que Nando Matheus fotografava a cena, perseguiram-no e tentaram obrigá-lo a apagar as imagens. O profissional caiu no chão, teve parte do equipamento danificada mas conseguiu salvar as fotografias.

Não é a primeira vez que os taxistas atacam a imprensa: em protesto realizado em 9 de setembro de 2015 em frente à Câmara dos Vereadores, uma equipe da TV Globo precisou se proteger dentro do prédio para evitar ser agredida. Nem mesmo o presidente do sindicato da categoria conseguiu acalmar os ânimos.

A Abraji repudia este novo ataque ao trabalho da imprensa e espera que os responsáveis pelas ameaças, fotografados pela vítima enquanto a perseguiam, sejam identificados e responsabilizados.