DOE AGORA

Exposição Resistir é Preciso continua em Brasília até 22 de Setembro

Exposição Resistir é Preciso continua em Brasília até 22 de Setembro

A mostra Resistir é preciso… já foi vista por mais de 15 mil pessoas no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. O conjunto de obras e documentos históricos que relata a resistência da imprensa durante a ditadura permaneceu na capital federal até 22 de Setembro. A partir de 12 de Outubro, São Paulo recebe a exposição, que depois segue para o Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Durante toda a temporada a entrada é gratuita.

“Um dos nossos principais focos é mostrar para o público jovem – que não presenciou o período da ditadura (1964-1985)- os importantes documentos que relatam o que foi a comunicação alternativa no Brasil. Tivemos o cuidado de elaborar um conteúdo histórico sem ser opinativo. Todo o material está exposto de forma bem didática e já tivemos a visita de diversas escolas”, explica o curador geral da mostra, Fabio Magalhães.

A exposição traz vídeos com depoimentos de jornalistas, articulistas e comunicadores como Audálio Dantas, Fernando Pacheco Jordão, Ziraldo, entre outros, que falam sobre a criação de veículos alternativos como O Pasquim, Unidade e Em Tempo. Também estão expostos cartazes de protesto da coleção pessoal do curador adjunto da mostra, José Luiz Del Roio, bem como obras dos artistas plásticos Hélio Oiticica e Alex Flemming.

A exposição Resistir é Preciso… é uma realização do Instituto Vladimir Herzog em parceria com o Ministério da Cultura, Banco do Brasil, BNDES e Correios. Também integram o projeto as publicações As Capas desta História, Os Cartazes desta História e Resistir é Preciso…, que reúnem cartazes, jornais e depoimentos de profissionais que participaram dos meios de comunicação independentes do País durante o período ditatorial.

FICHA TÉCNICA

Concepção Geral: Instituto Vladimir Herzog
Curadoria Geral: Fabio Magalhães
Curadoria adjunta: Vladimir Sacchetta e José Luiz Del Roio
Produção Executiva: Ana Helena Curti – arte3 |assessoria produção e marketing cultural ltda
Projeto Expográfico: Pedro Mendes da Rocha – arte3 
Projeto Multimídia: Estúdio Preto e Branco
Comunicação Visual: Chico Homem de Melo