DOE AGORA

6º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão

6º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão

Instituto Vladimir Herzog que procura estimular o processo jornalístico entre os futuros profissionais da área. Os autores das três melhores pautas poderão contar com o apoio de nomes de peso do jornalismo brasileiro como mentores para a produção de suas matérias.

Sob o tema “As Heranças do Golpe de 1964”, os estudantes deverão elaborar uma pauta que correlacione o golpe militar com questões atuais, produzindo uma matéria para alguma mídia específica (jornal, revista, rádio, televisão ou internet).

As inscrições foram realizadas pelo site www.jovemjornalista.org.br e a participação pode ser feita de forma individual ou em equipes de até três estudantes. Todos os projetos contaram, obrigatoriamente, com um professor-orientador vinculado à instituição de ensino dos participantes. Além disso, os estudantes precisam especificar o tipo de veículo para o qual a matéria será produzida.

O Prêmio Jovem Jornalista é apoiado por profissionais que fizeram parte da História do jornalismo brasileiro. Fernando Pacheco Jordão, que dá o nome ao Prêmio, atuou na redação de importantes meios da imprensa nacional, incluindo emissoras de rádio, jornais de circulação nacional e TVs. Na TV Globo, Jordão editou o Jornal Nacional em São Paulo e tornou-se diretor do Globo Repórter. Atualmente é conselheiro do Instituto Vladimir Herzog.

Para a arte do cartaz de divulgação do Prêmio, que ajudou a mobilizar neste ano (2014) os futuros jovens jornalistas, foi convidado o artista gráfico Zélio Alves Pinto. Jornalista, pintor, escritor, caricaturista e ilustrador, Zélio foi um dos fundadores do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (1974) e dirigiu o Departamento de Museus e Arquivos do Estado de São Paulo, onde coordenou a construção da sede do Arquivo do Estado.

A 6ª edição do Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão contou com a Comissão Julgadora – formada pelos jornalistas Fernando Pacheco Jordão, Dácio Nitrini, Nemércio Nogueira, Luiz Weis, Marcos Emílio Gomes, Guilherme Alpendre, Paula Sacchetta, Antonio de Andrade e José Luiz Del Roio – definiu as vencedoras em reunião na noite de ontem, 14 de maio.

Acatamos a sugestão do Júri de premiar não apenas três, como previa o Regulamento, mas CINCO propostas de pauta.

Em 2014 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão recebeu 142 inscrições, das quais 136 aprovadas para a etapa de avaliação final.

Agradecemos o empenho dos 298 estudantes que se envolveram nesta empreitada, a dedicação dos 121 professores que se dispuseram a orientar os projetos de seus alunos e a colaboração das 75 escolas de comunicação de 16 estados do Brasil (também DF) que nos apoiaram em mais este desafio de ajudar na formação de uma nova geração de profissionais da Comunicação em nosso país.

 

Propostas de pautas vencedoras – 2014
Projeto: “31 pelo 15”: A Resistência Persiste
Estudantes: Cássia Leticia Miranda Rodrigues, Karina Chichanosk e Matheus Henrique de Lara
Pauta: “31 pelo 15”: A Resistência Persiste
Universidade Estadual de Ponta Grossa
Professor Orientador: Gabriel Ferreira Carvalho
Formato: Radiodocumentário

Projeto: Nossas Claudias, nossos Amarildos
Estudantes: Jéssyka Bernardone Saquetto, Laís Rocio de Mello e Rafaela Laiola Guimarães
Pauta:Nossas Claudias, nossos Amarildos
Universidade Federal do Espírito Santo
Professor Orientador: Victor Israel Gentilli
Formato: Impresso | Jornal

Projeto: Cadeias Indígenas: Oficiais e Clandestinas
Estudante: Bruno Alderighi Cavalcanti, Gabriel Azzi Collet e Silva e Suria Moustapha Barbosa
Pauta: CADEIAS INDÍGENAS: OFICIAIS E CLANDESTINAS
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Professor Orientador: Marcos Luiz Cripa
Formato: Documentário TV

Projeto: A Política Educacional como Herança da Ditadura Militar
Estudantes: Flaviana Alves Santos, João Victor Mariano Barbosa Inácio Lauriano e Luiz Magno Silva Leão
Pauta: A POLÍTICA EDUCACIONAL COMO HERANÇA DA DITADURA MILITAR
Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Professora Orientadora: Denize Daudt dos Santos Bandeira
Formato: On line | Site

Projeto: Aposentadorias e pensões militares, um legado econômico e social da ditadura no Brasil
Estudantes: Mariana Claudino de Melo e Paloma Helena Martinho Rodrigues
Pauta: Aposentadorias e pensões militares, um legado econômico e social da ditadura no Brasil
Universidade de São Paulo
Professora Orientadora: Alice Mitika Koshiyama
Formato: Site Multimídia