ONU cobra Brasil sobre assassinato de defensores dos direitos humanos

ONU cobra Brasil sobre assassinato de defensores dos direitos humanos

Waldomiro Costa Pereira, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foi assassinado dentro da UTI de um hospital na cidade de Parauapebas, no Pará. Em Ronda Alta, no Rio Grande do Sul, o cacique Antonio José Mig Claudino foi assassinado com cinco tiros dentro de um bar numa aldeia onde há disputa de terras.

O Sistema das Nações Unidas no Brasil divulgou na última sexta-feira, 24 de março, um comunicado sobre os assassinatos de dois defensores de direitos humanos no Brasil.

Waldomiro Costa Pereira, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foi assassinado dentro da UTI de um hospital na cidade de Parauapebas, no Pará. Ele estava internado depois de ter sido baleado três dias antes durante invasão do sítio dele, próximo de Eldorado do Carajás.

Em Ronda Alta, no Rio Grande do Sul, o cacique Antonio José Mig Claudino foi assassinado com cinco tiros dentro de um bar numa aldeia onde há disputa de terras.

À esquerda, Waldomiro Costa Pereira, militante do MST. À direita, Antonio José Mig Claudino, cacique de Ronda Alta. Os dois foram assassinados no último dia 20 de março.

À esquerda, Waldomiro Costa Pereira, militante do MST. À direita, Antonio José Mig Claudino, cacique de Ronda Alta. Os dois foram assassinados no último dia 20 de março.

Segue a íntegra da nota:

“O Sistema das Nações Unidas no Brasil recebeu com preocupação as notícias dos assassinatos de Waldomiro Costa Pereira, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), e do Cacique Antonio Mig Claudino, defensores de direitos humanos, que ocorreram no último dia 20 de março, em Parauapebas, Pará, e na Terra Indígena Serrinha, Rio Grande do Sul.

O Sistema das Nações Unidas no Brasil insta as autoridades brasileiras a investigar, processar e punir os autores dos assassinatos e se solidariza com os familiares e amigos das vítimas.

É importante fortalecer os esforços para proteger defensores e defensoras de direitos humanos no país. As Nações Unidas no Brasil se colocam à disposição para apoiar as ações nessa temática.”

Compartilhe
Compartilhe este artigo: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Posts Relacionado

Deixe um Comentrio


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>