DOE AGORA

Instituto Vladimir Herzog promove Mostra de Cinema Memória e Transformação e Exposição de Cartazes sobre a Anistia (2012)

Instituto Vladimir Herzog promove Mostra de Cinema Memória e Transformação e Exposição de Cartazes sobre a Anistia (2012)

Coquetel de lançamento será em 31 de maio na Cinemateca, em São Paulo, e marca o início das celebrações dos 75 anos de nascimento de Vladimir Herzog

Com entrada franca e a exibição do único documentário dirigido pelo jornalista Vladimir Herzog, o curta Marimbás (1963), o Instituto Vladimir Herzog promove o lançamento da Mostra de Cinema Memória e Transformação e Exposição de Cartazes sobre a Anistia. O evento será realizado entre os dias 31 de Maio e 08 de Julho na Cinemateca e no CineSesc, em comemoração aos 75 anos de nascimento de Vladimir Herzog, morto e torturado durante a ditadura militar. O filme Tire diré (1960) de Fernando Birri, mestre do documentarismo argentino, professor e parceiro de Vlado, também será exibido durante o evento aberto ao público.

A Mostra de Cinema vai apresentar 40 documentários produzidos a partir dos anos 50 até os dias atuais sobre o cenário sócio-político latino-americano. Simultaneamente, o público também terá a oportunidade de conhecer a Exposição de Cartazes sobre a Anistia, que conta com 60 expressões artísticas sobre o tema e ficará exposta até o dia 08/07 somente na Cinemateca. A exposição conta o projeto gráfico do designer Kiko Farkas.

Exibição dos filmes (Cinemateca e CineSesc)

CINEMATECA: A exibição dos filmes acontece de 20/06 a 08/07.

CINESESC: De 29/06 a 05/07 será exibido no total 13 sessões, sendo duas sessões por noite (por volta das 19h00 e 21h00)

A Mostra de Cinema e A Exposição de Cartazes são duas iniciativas que integram o grande projeto “Resistir é Preciso…”, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog, com o objetivo de manter viva na memória dos brasileiros a luta da imprensa durante a ditadura, momento em que centenas de profissionais do meio foram presos, torturados e assassinados.

 

75 Anos: outros eventos

Seminário Direito à Verdade

O Instituto Vladimir Herzog organiza também o Seminário Direito à Verdade dia 28/06 na sede do Itaú Cultural (Avenida Paulista, 149, São Paulo). O debate conta com a participação especial da Ministra da Secretaria dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, de Tito Milgram (curador do Museu Yad Vashem de Jerusalém), de Amerigo Incalcaterra (representante regional da América do Sul do Alto do Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos) e de Sérgio Adorno (Diretor do Núcleo de estudos de Violência da USP), que será o mediador do encontro.
Aula Magma de Cinema com Patrício Guzman

O Instituto Vladimir Herzog vai selecionar 60 estudantes para participarem de um curso de cinema, com o renomado cineasta chileno Patrício Guzman. O curso acontece do dia 04/07 a 07/07, das 17h às 21H, na Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207 – São Paulo). O evento vai culminar na Aula Magma de Cinema no dia 08/07, das 18h às 21H, com a exibição do filme “Nostalgia da Luz”, dirigido pelo cineasta, seguido de um debate sobre o tema.


Cantata – O Diário de Anne Frank

Exibido pela primeira vez nas Américas, O Diário de Anne Frank vem a São Paulo a convite do Instituto Vladimir Herzog para celebrar os 75 anos de nascimento de Vlado. O espetáculo terá apresentações nos dias 29/06, 30/06 e 01/07 no Auditório do Ibirapuera, com entrada franca ao público. A cantata será regida pelo maestro brasileiro Martinho Lutero Galati, que comandará cerca de 180 pessoas no palco, entre cantores, orquestras e solistas. Além de música e dramaturgia, conta ainda com efeitos visuais produzidos pelo designer Kiko Farkas que complementam a narrativa da história de Anne Frank.

 

Incentivo

Todos os eventos organizados pelo Instituto Vladimir Herzog são incentivados e estimulados pela Lei Rouanet (de Incentivo à Cultura) e contam com patrocínio principal do BNDES e também da parceria com a Cinemateca Brasileira e Cinesesc.
Sobre o Instituto Vladimir Herzog:

Criado em 25 de Junho de 2009, o Instituto Vladimir Herzog tem a missão de contribuir para a reflexão e produção de informações que garantam o direito à vida e o direito à justiça. Sua fundação se inspirou na trajetória de vida do jornalista Vladimir Herzog, assassinado em 1975 pela ditadura, bem como nos principais valores ligados a essa trajetória: democracia, liberdade e justiça social.

Tendo como bandeira a frase de Herzog “Quando perdemos a capacidade de nos indignarmos com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerarmos seres humanos civilizados”, o Instituto é uma organização sem fins lucrativos, com neutralidade político-partidáriano.
Mais informações podem ser encontradas no endereço www.vladimirherzog.org.br

Facebook: http://facebook.com/vladimir.herzog
Twitter: https://twitter.com/vladimirherzog


INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

CDI Comunicação Corporativa