DOE AGORA

Instituto Vladimir Herzog e OSESP promovem concerto para marcar os 50 anos do golpe de 1964

Instituto Vladimir Herzog e OSESP promovem concerto para marcar os 50 anos do golpe de 1964

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, em parceria com o Instituto Vladimir Herzog, apresenta, pela primeira vez no Brasil, a pianista norte-americana Ursula Oppens. Em seu repertório estão as 36 variações de Frederic Rzewski para a canção chilena de protesto O Povo Unido Jamais será Vencido!, composta por Sergio Ortega. A apresentação, que integra a série de Concertos Especiais da temporada 2014 da OSESP, faz parte da ação do Instituto para relembrar os 50 anos do golpe militar no Brasil e será realizada na sala São Paulo, em 30 de março, às 21h.

Considerada uma das maiores pianistas da atualidade, sendo reconhecida principalmente por dominar tanto o repertório clássico como o contemporâneo, Oppens já foi indicada a quatro Grammys, a principal premiação mundial da música.

Clique aqui e veja a programação no site da OSESP