DOE AGORA

Instituto Vladimir Herzog comemora cinco anos de luta pelos direitos humanos e inicia aprimoramento da educação nesse setor no Brasil

Instituto Vladimir Herzog comemora cinco anos de luta pelos direitos humanos e inicia aprimoramento da educação nesse setor no Brasil

Projetos e atividades direcionados ao resgate da História do País por meio da educação, cultura e disseminação de informações marcam a trajetória do Instituto

No dia 25 de junho o Instituto Vladimir Herzog completou cinco anos de existência e de luta pela democracia, direitos humanos e liberdade de expressão. Fundado em 2009 para celebrar a vida do jornalista Vladimir Herzog – assassinado em 1975 nas dependências do DOI/CODI, em São Paulo – o Instituto surgiu por iniciativa da família Herzog e de um grupo de amigos e ex-colegas de Vlado, com o intuito de concretizar e reforçar ações que priorizam os valores da democracia. Presidido por Clarice Herzog, desde sua fundação o IVH (vladimirherzog.org) se tornou referência na defesa dos direitos humanos e no resgate da História recente do Brasil, iniciando nos últimos meses suas atividades de aprimoramento da educação em direitos humanos por meio da reflexão e visão crítica sobre temas sociais.

Em seu histórico o Instituto conta com premiações importantes que reconhecem suas ações em prol da luta pelos direitos humanos. Entre eles destaca-se o Prêmio Especial da Presidência da República de Direitos Humanos concedido ao IVH na categoria Memória e Verdade, entregue pela presidenta Dilma Rousseff a Clarice Herzog, em 2011. O Prêmio Franz de Castro Holzwarth de Direitos Humanos, concedido pela seção de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB-SP, contemplou o Instituto Vladimir Herzog em 2013 e, neste ano, em 14 de maio, nova homenagem foi prestada pelo coletivo Gato Seco – Nos Telhados da Loucura, por ocasião da entrega do VI Prêmio Carrano de Luta Antimanicomial e Direitos Humanos, pela atuação do IVH na luta pelos direitos humanos dos cidadãos.

Além de produzir, apoiar e incentivar ações voltadas à cultura, o Instituto tem também como compromisso colaborar nos processos educacionais do País. Nesse sentido, conta com uma equipe de profissionais e especialistas que desenvolve ações de educação para a cidadania e direitos humanos nas escolas e, também, para a formação de profissionais da área de jornalismo e comunicação.

Para Ivo Herzog, diretor executivo do IVH, investir em projetos voltados para a educação é essencial para sensibilizar a sociedade, notadamente os jovens, para o valor da permanente promoção do direito à vida e à justiça. “A única forma de diminuir problemas como a violência urbana, a exclusão social e a violação dos direitos básicos do cidadão é através da educação, dos direitos humanos e do conhecimento da História recente do nosso País”, afirma ele.

“Temos também a preocupação de procurar transmitir conhecimento utilizando uma linguagem ´transgeracional´, ou seja, para quem viveu aquela História e para o público jovem de hoje”, conclui.

 

Veja o video de lançamento do Instituto Vladimir Herzog