DOE AGORA

Instituto Herzog ‘ganhará vida’ em junho

Instituto Herzog ‘ganhará vida’ em junho

Instituto Vladimir Herzog, um sonho de seu filho Ivo, se tornará realidade no dia 25 de junho em uma cerimônia na Cinemateca, em São Paulo. É uma iniciativa da família do jornalista, com apoio de mais e uma dezena de instituições. Vlado faria 72 anos no dia 27 de junho, se não tivesse sido morto em outubro de 1975 nos porões do DOI-Codi, na Rua Tutoia, em São Paulo. O instituto começou a se concretizar quando a família Herzog resolveu montar uma página na internet. Muitas pessoas passaram a se envolver e a ideia cresceu.
Segundo Ivo, o instituto terá como missão organizar o acervo de documentos, textos efotos de Vladimir Herzog que, além de jornalista,era fotógrafo, cineasta e professor daEscola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). A Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura de São Paulo, onde o jornalista foi diretor, doou parte do material que ficará disponível para pesquisa e consulta. A TV Brasil cedeu material do programa “3 x 1”, do qual Ivo participou e teve grande repercussão, ao lado do ex-ministro Jarbas Passarinho – este defendendo o AI-5.

Fotografia era outra paixão de Vlado. Foram recuperados mais de mil slides feitos por ele. São fotos de família -do período vivido em Londres e de pesquisas para seus trabalhos como cineasta. Todo este material já está digitalizado.

Além de perpetuar a memória de Herzog, o instituto tem como projeto discutir os caminhos do jornalismo. E junto do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo será responsável pelo Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, instituído em 1979.

Na internet, o espaço será livre para as pessoas se manifestarem. Sempre mantendo aquela linha de missão do instituto, como “espaço de reflexão e produção de informação que garanta o direito à Justiça e o direito à vida”.

“Não podemos pensar apenas na morte de Vladimir Herzog. Por isso a inauguração será no aniversário dele, que estaria completando 72 anos”, diz Ivo Herzog. “O Prêmio Herzog vai celebrar a vida.” Elifas Andreato já está trabalhando o cartaz para a premiação de 2009. “Nos últimos quatro, cinco anos o Prêmio deu uma revitalizada e queremos garantir que ele tenha novo impulso.” O Sindicato indicou Oswaldo Braglia para a captação de recursos para o Prêmio.
Como parte da solenidade de inauguração do instituto haverá nos dias 26, 27 e 28 de junho um ciclo de debates sobre Vlado e exibição de várias mídias, como o filme Doramundo, que teve roteiro de Herzog. O ministro Paulo Vanucchi, dos Direitos Humanos, garantiu presença em uma palestra sobre Justiça e Democracia. Haverá também uma mesa redonda com jornalistas como Caco Barcellos, Zuenir Ventura e Ricardo Kotscho.

O instituto terá um conselho com um representante do Sindicato, um representante da família Herzog, entidades e personalidades como Audálio Dantas, Hélio Bicudo, Luiz Weis, Zilah Abramo, Caco Barcellos, entre outros. Esse conselho definirá as diretrizes do instituto, que nasce com três objetivos. O primeiro é organizar todo o material jornalístico (fotos, matérias) sobre Vlado. Será a principal fonte para que pesquisadores, estudantes e profissionais em geral possam ter acesso ao material para seus trabalhos.

O segundo objetivo é promover o debate sobre o papel do jornalista. Vlado buscava sempre promover o jornalismo de qualidade, verdadeiro e, acima de tudo, responsável. Dentro desta sessão temos ainda a idéia de discutir as novas mídias – internet, blogs, etc e como o jornalismo evolui em função da mudança de suas ferramentas de trabalho.

E, em terceiro, ao lado do Sindicato dos Jornalistas, organizar o Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. “Além da cerimônia, iremos manter um debate constante sobre quais as questões atuais relativas aos Direitos Humanos devem ser tema deste prêmio tão importante”, afirma Ivo.

O instituto ficará no The Hub, um espaçoso galpão de cerca de 500 m², que foi transformado em uma espécie de escritório coletivo. “Para conectar pessoas e ideias inovadoras, promovendo discussões e fazendo o bem”, como é lembrado no endereço eletrônic o http://www.vladimirherzog.org/ . O endereço é Rua Bela Cintra, 409, tel.: (11) 6394-4047.
Fonte: Jornal Unidade – SJSP
Foto : Nivaldo Silva