DOE AGORA

Cerimônia de entrega do Prêmio Vladimir Herzog homenageia Sandra Passarinho e Rubens Paiva

Cerimônia de entrega do Prêmio Vladimir Herzog homenageia Sandra Passarinho e Rubens Paiva

O evento realizado em 29 de outubro, no Teatro TUCA, em São Paulo, premiou profissionais com matérias relacionadas à luta pelos direitos humanos

A cerimônia de entrega da 36ª edição do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos foi realizada na quarta-feira, 29 de outubro, às 20h, no Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foram 503 projetos inscritos em oito categorias, superando os 443 trabalhos do ano anterior.

Com apresentação de Juca Kfouri, o evento contou com emocionante discurso do desembargador federal Márcio José de Moraes, responsável pela sentença que condenou a União pela tortura e morte do jornalista Vladimir Herzog. Neste ano, excepcionalmente, a Comissão Organizadora decidiu conceder uma premiação especial à matéria “A Sentença – 35 Anos”, que narra justamente a história da sentença prolatada pelo juiz. Com a assinatura do jornalista Cláudio Renato e equipe, a reportagem foi exibida pela GloboNews.

Os grandes homenageados da noite foram a jornalista Sandra Passarinho e o deputado federal/jornalista Rubens Paiva (in memoriam), que teve recentemente a história de seu assassinato recontada graças aos esforços da Comissão Nacional da Verdade. Quem recebeu o prêmio foi seu filho, Marcelo Rubens Paiva, que agradeceu dizendo: “Meu pai era um conciliador, que teria passado longe das discussões de ódio dessa última eleição; ele estaria lutando pelo que realmente importa, a democracia”.

Sandra Passarinho, escolhida por suas contribuições ao telejornalismo brasileiro, estava bastante emocionada e disse acreditar que chegou tão longe porque não era ela quem estava em frente às câmeras, mas a notícia, ela era apenas um meio.

Também foi entregue o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, que agracia a melhor matéria produzida por estudantes de jornalismo de todo o Brasil. A equipe vencedora é da Universidade Federal do Espírito Santo e foi premiada com uma viagem para Israel.

Criado em 1978, o Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog visa a reconhecer e premiar anualmente jornalistas que, por meio de seu trabalho, contribuem para a promoção dos direitos humanos, cidadania e democracia, homenageando personalidades, profissionais e veículos de comunicação que se destacam na defesa desses valores fundamentais.

Veja a galeria de fotos : 

 

 

Roda de Conversa – Notícia