DOE AGORA

Documentário sobre Vladimir Herzog ganha sessão especial no Cine Belas Artes

Documentário sobre Vladimir Herzog ganha sessão especial no Cine Belas Artes

De João Batista de Andrade, “Vlado, trinta anos depois” foi exibido e acompanhado de um debate com familiares e amigos de Vlado

Produzido em 2005, quando o assassinato de Vladimir Herzog completava 30 anos, o documentário “Vlado, trinta anos depois” ganhou uma sessão especial na programação do Cine Belas Artes, como parte das atividades para relembrar os 40 anos do assassinato do jornalista.

A sessão foi acompanhada de um debate que, além do diretor João Batista de Andrade, contou com a presença de Ivo Herzog, filho de Vlado e diretor executivo do Instituto Vladimir Herzog. Também estiveram presentes Sérgio Gomes, diretor da Oboré Projetos Especiais; Alberto Goldman, ex-governador de São Paulo; e Marcelo Araújo, secretário de Cultura do governo do Estado de São Paulo.

“Vlado, trinta anos depois” reconstitui os momentos mais dramáticos da trajetória de Vlado. Antes mesmo do letreiro de abertura, o diretor se preocupa em dar vida ao ícone: família, personalidade, preferências políticas, humores.