DOE AGORA

Diretora do Vlado Educação participa de mesa de discussão da Conferência Nacional de Educação de 2014

Diretora do Vlado Educação participa de mesa de discussão da Conferência Nacional de Educação de 2014

A CONAE 2014, que ocorreu de 19  a 23 de novembro, contou a com a presença de Ana Rosa Abreu, diretora do Vlado Educação. Em Brasília/DF, ela participou da mesa de discussão “O Ensino da Ditadura nas Escolas: Direito à Memória e à Verdade”.

No sábado, dia 22 de novembro, a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça organizou a Mesa de Interesse “O Ensino da Ditadura nas Escolas: Direito à Memória e à Verdade”, inserida na programação da Conferência Nacional de Educação 2014 (CONAE-2014).

A mesa foi coordenada pela SECADI-Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão e contou com a presença de Eliana Rocha (Consultora do PNUD-Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), Antônio Carlos Ramos (SECADI – Coordenação Geral de Educação de Jovens e Adultos), Maria Nazaré Zenaide (Universidade Federal da Paraíba), Eduardo Bittar (coordenador de Educação em Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo) e Ana Rosa Abreu (diretora do Vlado Educação – Instituto Vladimir Herzog).

conae

Foi discutida a pouca ênfase dada ao ensino do período da ditadura militar (1964-1985) nos currículos escolares e como esse tema deve ser abordado, para contribuir com a

preservação da memória e verdade em nosso país. Sob a ótica da Educação em Direitos Humanos e da educação em valores, foram abordadas também as metodologias para que os alunos sejam envolvidos na temática como protagonistas e possam assim estabelecer relações entre o passado e a compreensão dos reflexos da ditadura nos dias atuais.

Também contribuindo para o avanço das práticas em ensino de História, foi apresentado o projeto “Memórias da Ditadura”, um portal desenvolvido pelo Vlado Educação, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e PNUD, que será lançado na semana de Direitos Humanos, no início de dezembro. A proposta é estabelecer um espaço na internet que seja uma referência completa, de conteúdos confiáveis e rica em recursos (textos, imagens, vídeos e áudios) sobre o período da ditadura militar no Brasil. O portal contará também com espaço de apoio e interação entre professores e alunos.

A direita na foto, Ana Rosa Abreu, Diretora de Projetos Educacionais do Vlado Educação. Area responsavel pelo ação de Educação em Direitos Humanos do Instituto Vladimir Herzog.

À direita na foto, Ana Rosa Abreu, Diretora de Projetos Educacionais do Vlado Educação. Area responsavel pelo ação de Educação em Direitos Humanos do Instituto Vladimir Herzog.