DOE AGORA

Ato busca resgatar história de um dos principais centro de tortura de São Paulo

Ato busca resgatar história de um dos principais centro de tortura de São Paulo

O III Ato Unificado Ditadura Nunca Mais foi adiado para 14 de maio às 15:00 horas, na Praça do Santíssimo Sacramento (ao lado do local onde funcionou o DOI-Codi na Rua Tutoia), em São Paulo (capital).

O ato público tem por objetivo mais uma vez relembrar e reforçar a necessidade de resgatar aquele espaço onde operou o DOI-Codi durante a ditadura como local de memória e relembrar, para que nunca mais se repitam, as graves violações de direitos humanos ali praticadas, contra todos aqueles que se opuseram à ruptura da ordem constitucional e ao regime de exceção instaurado em 1964.

O ato unificado se constituirá de atividades culturais e da leitura de um manifesto.

Apresentação:
Cantos pela Vida
Corais:
Coro Luther King
Coro CantoSospeso (da Itália)
Coral Infantil Lazi
Direção e regência: Maestro Martinho Lutero Galati

“Para que não se esqueça. Para que nunca mais aconteça!”
“Conhecer o passado para entender o presente e projetar o futuro!”

Realização: Comitê Paulista Memória, Verdade e Justiça.
Apoio: Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania – Prefeitura do Município de São Paulo.